Vampiros Energéticos: O que são e como se proteger deles

3 comments
Vampiros Energéticos: O que são e como se proteger deles



Durante a história os vampiros energéticos foram citados e representados na literatura e em obras de arte, muitas vezes denominados Incubus (masculino) ou Sucubus (feminino). De acordo com as histórias, estes demônios invadiam casas durante a noite, mantinham relações sexuais com suas vítimas e sugavam toda a energia vital de cada uma delas.



Vampiros energéticos: obra de arte
O Pesadelo, obra de Henry Fuseli em 1791 representando um Incubus sugando a energia de sua vítima

Esta foi uma das maneiras encontradas para descrevê-los, porém, as formas de um vampiro energético absorverem energia vão muito além de relações sexuais e nem sempre eles são entidades espirituais malignas, podendo ser qualquer pessoa que você conheça.

Apesar do termo vampiro ser diretamente relacionado com "monstros que sugam sangue", os vampiros energéticos são pessoas, como eu e você, que se alimentam de nossa energia, de nossa vontade, cansam nossa mente e o nosso corpo. Eles podem nos levar à depressão, à loucura, podem nos fazer sentir raiva e podem até desencadear doenças psicológicas e físicas.

Por isto é importante saber como identificá-los para que você possa se proteger, pois muitas vezes pode ser alguém inesperado e que está ao seu lado todos os dias, como um colega de trabalho ou um parente.


Vampiros Energéticos: Como reconhecê-los

Abaixo estão listadas dez características presentes em vampiros energéticos. Um vampiro provavelmente possuirá vários dos traços listados abaixo, consciente ou inconscientemente. Caso você se identifique com um ou outro, isto não fará necessariamente de você um vampiro, mas será importante trabalhar o(s) traço(s) para que você não prejudique ninguém.

Vampiros energéticos - Campo energético protegido
Campo energético bem protegido contra vampiros

  • Compulsão por ajudar outras pessoas a ponto de que elas estejam totalmente dependentes dele:
Nem sempre as pessoas ajudam apenas por bondade. Podem haver segundas intenções e um vampiro energético é mestre nisso. Para que ele consiga sugar sempre a energia da vítima, o vampiro é capaz, inclusive, de criar situações e problemas que a coloquem em uma situação desfavorável. Neste momento o vampiro oferece ajuda e a vítima, já desestabilizada, abre o canal e perde energia.

Vampiros energéticos - Tentáculos prontos para sugarem energia
Campo energético de um vampiro pronto para o ataque

  • Manipular o ambiente e seus relacionamentos (sejam sexuais ou não):
O vampiro energético é capaz de alterar o ambiente onde está inserido à seu favor para que possa obter energia. Por exemplo, ele pode oferecer um favor, organizar um encontro ou ceder à vontade do parceiro e fazer com que algo sempre saia errado para que a vítima se sinta culpada e abra o canal para perder energia.

  • Obsessão para atingir suas metas de vida sem considerar as consequências aos outros:
Vampiros energéticos tendem a não se preocupar com os outros. O egoísmo é uma característica presente em praticamente todos os vampiros energéticos. Eles são capazes de formar alianças, colaborar com outras pessoas até que elas não sejam mais úteis. Neste momento o vampiro mostra suas garras, ofende, grita e derruba a pessoa numa posição bastante inferior à sua, para que somente ele prossiga, geralmente fazendo uma aliança com outra pessoa e repetindo o ciclo.
    Vampiros energéticos - Campo energético enfraquecido
    Campo energético enfraquecido, vulnerável a qualquer ataque

  • Grande irritação sobre pequenos problemas cotidianos:
Qualquer coisa pode ser um grande problema aos olhos de um vampiro energético, desde que ele possa usar isto para envolver outras pessoas e sugar as suas energias. Problemas cotidianos por menores que sejam como, por exemplo, um copo quebrado, se tornam eventos de proporções gigantescas. Os vampiros gritam, choram, se vitimizam e envolvem o máximo de pessoas possível. Muitas vezes o problema é causado propositadamente pelo próprio vampiro.





  • Falta de senso de humor e a incapacidade de fazer piadas (a não ser que sejam à custa de outros):
Vampiros energéticos adoram zombar de outras pessoas. Não há nada mais fácil do que sugar a energia de pessoas abaladas ou tristes. Se você conhece alguém que só sabe fazer piadas de mau gosto sobre outras pessoas e não tolera piadas sobre ele próprio, tome cuidado!

Vampiros energéticos - Campo energético perfurado e sendo invadido por um vampiro
Campo energético perfurado e invadido


  • Muitas reclamações e a mania de se vitimizar:
De acordo com o vampiros energéticos, o universo inteiro conspira contra eles. São uns coitados, ninguém gosta deles, não possuem dinheiro, não possuem comida, não tem onde morar, estão doentes e não existem remédios, não sabem fazer nada e precisam que alguém sempre faça algo por eles... A verdade é que os vampiros tendem a ser extremamente inteligentes! Por exemplo, se você é muito rico, pra você ele irá reclamar da falta de dinheiro, trabalho ruim, dívidas e etc. Para outra pessoa que não seja rica, ele vai esnobá-la, dizendo possuir muito dinheiro guardado e, logo em seguida, reclamar que trabalha muito e não tem tempo para nada.

  • Mania de crítico e “sabe tudo”. Não importa o assunto, você está sempre errado, mesmo que estude sobre o assunto há anos:
Durante uma conversa com um vampiro ele irá reclamar, se vitimizar, dizer que não tem nada e, de repente, quando você, inocentemente, tentar apresentar uma solução, ele cortará a sua fala dizendo: "Shhhh! Cale a boca! Eu que sei!". Se a estratégia logo acima não funcionar de imediato, esta virá para reforçar.

Vampiros energéticos - Campo energético alterado
Campo energético alterado, com brechas em diversos lugares

  • Questionador, o vampiro energético é extremamente vigilante, cínico, cético e sarcástico:
Conhece o dizer "jogar verde para colher maduro"? Os vampiros jogam verde o tempo todo. Eles querem saber tudo sobre você e, para isso, fazem perguntas o tempo todo, dos mais variados temas. Muitas vezes as perguntas são indiretas e a vítima acaba dando as respostas sem perceber. O vampiro, primeiramente interessado em ouvir, passa a zombar e demonstra desdém à todas as respostas.

Vampiros energéticos - Campo energético doando energia
Campo energético liberando atenção e energia ao vampiro


  • Distante, faz mistério sobre tudo e chantagem emocional, culpando as pessoas por abandoná-lo: 
Parte do plano de desestabilização emocional. Se a vítima está distante do vampiro, uma das formas de sugar sua energia é inventando problemas, casos e situações (que venham a ocorrer ou fiquem limitadas à mente do vampiro) para que a vítima se sinta culpada por não estar presente, por não ter podido fazer nada. Usando a distância a seu favor, o vampiro sabe que a vítima não terá como saber da veracidade do que for dito.

Vampiros energéticos - Campo energético preso por um vampiro
O vampiro cria uma espécie que gancho que perfura e fica preso ao campo energético da vítima


  • Quer ser o centro das atenções:
O problema dele é mais grave que o seu. O livro que ele leu é melhor, maior e tem a capa mais bonita que o seu. Se você der um presente, ele irá buscar defeitos para que a atenção não esteja no presente, mas sim dele. A água da sua casa é ruim, a da casa dele é bem melhor que a sua e assim por diante. Os vampiros não se esforçam para se tornar pessoas melhores. Ao invés disso eles puxam para baixo todos os que eles podem, assim ele se sente por cima, sempre.


Esses são somente alguns dos traços dos vampiros energéticos que, no geral, tendem a ser pessoas extremamente negativas. A partir destes dez traços você poderá identificar outros semelhantes que ajudarão a descobrir se você está sendo atacada(o) ou não por vampiros.

Vampiros Energéticos: Como combatê-los:

Crença

Todo feitiço ou magia tem como base a crença. Portanto, para se proteger basta crer veementemente que ele não poderá lhe afetar e o dano será muito pequeno ou não existirá. A crença é um fator de perigo, pois se acreditar que o vampiro energético pode manipular as suas energias, você acaba prontamente abrindo as portas para ele. É importante manter-se positivo sempre.

Rituais e feitiços 

Muitos que conhecem a Wicca já ouviram falar sobre a lei tríplice, na qual toda a energia que é enviada, sendo boa ou ruim, retorna multiplicada por três para quem a enviou. No caso dos vampiros energéticos, como eles emanam energia negativa para que possam absorver a sua energia positiva, um feitiço rápido é capaz de cortar este fluxo e fazer com a que a lei tríplice entre em ação, devolvendo a energia ruim ao vampiro.

Por isso, quando você se sentir muito cansado, com falta de energia, com pensamentos ruins pairando sobre sua mente e desconfiar que isto possa ser atividade de um vampiro energético, imagine uma bolha protetora cintilante surgindo ao seu redor e diga, três vezes:

“O que quer que seja que você me deseja
Que volte a você e que por três vezes multiplicado seja!
Comigo não mexa!
Comigo não mexa!
Comigo não mexa!” 

Caso você saiba quem é o vampiro energético, enquanto diz o feitiço, imagine o rosto da pessoa desaparecendo na escuridão.

Outras maneiras de se defender incluem banhos purificadores e amuletos de pedras, como a turmalina negra, que age como repelente ou ônix e hematita, que sugarão a energia negativa do vampiro sem te atingir.

Vampiros Energéticos: Como ajudá-los:

Ajudar um vampiro energético pode ser complicado, pois muitos deles não reconhecem o limite entre ajuda e abuso energético. Por isso, caso queira ajudar um vampiro, conheça você próprio o seu limite energético e, caso o vampiro queira ultrapassá-lo, corte imediatamente o fluxo de energia. Você também pode, depois de pronunciar o feitiço "O que quer que..." desejar que a energia se dissipe, transmutando-a tanto para você quanto para quem a emitiu.

Seja um bom ouvinte

Muitas pessoas são negativas devido a vários acontecimentos ruins em suas vidas e acabam reprimindo muitos sentimentos. Ao invés de ignorá-las, escute-as, muitas pessoas precisam apenas desabafar para perceber o que deve ser feito.

Caso você veja claramente que as reclamações feitas pelo vampiro são armadilhas apenas para roubar a sua energia, não entre no jogo dele. Muitas vezes dizer "não" é a melhor forma de ajudar.

Mantenha temas leves na conversa

Vez ou outra algumas pessoas negativas pioram quando determinado assunto vem à tona, como por exemplo, trabalho. Mude de assunto! Fale sobre algum filme novo ou um amigo em comum, focando em assuntos que animem a pessoa para tirá-la de sua negatividade.

Mais uma vez, se perceber que o vampiro insiste a todo momento nos temas negativos, encerre a conversa, ou você será uma vítima por opção.





Saber e aceitar o lado negro de cada um pode ser um antídoto à influência do vampiro energético. Todos nós demonstramos traços de um vampiro em certo ponto de nossas vidas. A análise de nossas ações no nosso dia-a-dia ajudará a sermos mais autossuficientes e magicamente emocionalmente e espiritualmente saudáveis.

Conhece algum Vampiro Energético ou tem dúvida sobre eles? Deixe seu comentário!